Carnaval Itália Veneza

Carnaval De Veneza

O Carnaval de Veneza evoca mistério, luxo e romantismo. É, sem dúvida, um dos carnavais mais emblemáticos do mundo.

É a celebração veneziana mais característica, onde a mistura de tradição, diversão e cultura atraem milhares e milhares de pessoas todos os anos. Viver o Carnaval de Veneza é uma das melhores experiências da vida.

O Carnaval de Veneza é único no mundo e sua tradição remonta ao século 11, embora não tenha sido declarado um festival público até dois séculos depois.

História

O Carnaval veneziano tem origens antigas: um documento de 1094, durante o reinado do Doge Vitale Falier, nos diz sobre feriados na cidade, e é onde pela primeira vez é mencionada a palavra “carnaval”.

O Governo da Serenissima via a necessidade de conceder um curto período dedicado a festas e entretenimento para os seus cidadãos, especialmente às classes sociais mais baixas.

Embora o relato escrito mais antigo da celebração do carnaval de Veneza data de 1094, o primeiro documento declarando o Carnaval como um feriado data de 1296, quando o Senado da República Italiana declarou um feriado no último dia anterior ao início da Quaresma.

Através das máscaras e disfarces era possível esconder a identidade, anulando assim divisões sociais, sexuais e religiosas: todos se divertiram juntos!

O Carnaval de Veneza atingiu o seu auge no século XVIII, época em que alguns aristocratas, vindos de lugares muito diferentes, chegavam ao festival.

carnaval de veneza

Máscaras no Carnaval de Veneza

O Carnaval de Veneza é totalmente diferente do Carnaval espanhol e não tem nada a ver com o carnaval brasileiro.

Durante os 10 dias as pessoas se vestem e saem às ruas para andar e tirar fotos, seja em desfiles organizados ou improvisados.

Antigamente, escondido sob suas máscaras durante o carnaval a nobreza se misturava com a população, os ricos com os pobres, desapareciam as diferenças e todos apreciavam o anonimato libertador desse mundo de ilusão em que, por uns alguns dias, tudo era possível.

Leia Mais >  Como Encontrar Parentes na Itália pelo Sobrenome (ou Antepassados)

As fantasias são trajes de época do século XVII, como se estivessem em uma pintura fresca de Canaletto e as máscaras sempre foram as protagonistas do festival.

A maioria das máscaras venezianas incorporam vários personagens arquetípicos: os da ?Comédia del Arte”, um gênero de teatro popular que nasceu na Itália no século XVI.

Essa comédia ficou tão famosa em Veneza que os participantes do carnaval acabaram se disfarçando de seus personagens favoritos. Curiosamente, as máscaras mais famosas não representam personagens da Commedia del Arte, mas nasceram como uma evolução delas, embora eles também tenham o seu significado.

mascaras venezianas

Aqui nós os descrevemos alguns:

  • Bauta:

É a máscara mais conhecida e famosa do carnaval.  É aquele que se estende sob o nariz para cobrir a boca.

Representa intriga e sigilo e, complementada por uma túnica encapuzada, denuncia o hermetismo da Igreja.

No começo era exclusivamente masculino, mas acabou sendo uma máscara unissex.

  • Moretta:

Elaborada na França cobre completamente o rosto e era exclusivamente para mulheres.

Ela representava a virtude a se manter, mas às vezes servia para disfarçar a pessoa que cometeu algum pecadilho, porque cobria o rosto em sua totalidade.

É uma máscara “silenciosa” porque, para segurá-la, você tinha que morder um botão de madeira ou um nácar localizado na altura da boca.

O que isso significa? Se você se apaixonar por uma mulher usando uma Moretta, só poderá falar com ela ou beijá-la se já conheceu o rosto dela antes.

  • Doutor da peste:

Embora seja um dos mais conhecidos não foi típico do carnaval até que uma tragédia ocorreu.

Em 1630, Veneza sofreu uma epidemia de peste que dizimou a população.

Leia Mais >  Audiência Papal [ Quando é, Como Ingressar, ... ]

Aqueles que tratavam os doentes, para evitar a poluição e o mau cheiro dos cadáveres, vestiam roupas pretas longas e máscaras cobertas com olhos de vidro e longos narizes onde colocavam lenços perfumados.

Esta imagem terrível e trágica era apenas parte do mundo das máscaras venezianas com uma variação curiosa: o nariz longo tornou-se um bico semelhante ao dos corvos. Uma imagem poética e terrível que não precisa de mais explicações.

carnaval mascaras

Hoje em dia a grande maioria dos turistas não se disfarça ou simplesmente usa uma máscara comprada nas milhares de lojas e bancas de rua que abundam em Veneza.

As máscaras de carnaval artesanais podem custar entre 30 ? e 120 ? são as mais caras.

Na maioria das lojas de souvenires, e até barracas na rua, são vendidas máscaras muito mais simples, onde podemos encontrar por cerca de 25 ? e 40 ?.

O objetivo da maioria dos visitantes é ver Veneza no Carnaval e tirar fotos com os melhores trajes. Como exceção, também encontramos casais e grupos de turistas que optam por alugar roupas de qualidade.

Tendo em conta que Veneza é muito próxima dos Alpes e que o carnaval é celebrado no início do ano é muito comum nevar, por isso é aconselhável usar roupas quentes.

Durante o Carnaval, muitos eventos e festas também são organizados, alguns deles privados e difíceis de assistir sem conhecer alguém.

Os preços das festas também são geralmente altos, e uma noite pode custar até 500?.

Vale muito a pena participar desta grande celebração garantimos que é uma grande experiência.

E então, já ficou a saber mais sobre o Carnaval de Veneza, a sua história, as máscaras, o significado por detrás de cada uma, etc…?

Se você gostou do nosso artigo de hoje continue em nossa página e confira outros textos!

Mais Artigos Para Si
Leia Mais >  Como Ligar para Itália (do Brasil ou Outro País)

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *